Cadastre-se   Esqueci a senha?
Dicionário de português
Dicionário de português

Sua historia - Uma historia com um final diferente



carros viaki
ganhar prêmios por atividade cursos rapidos e baratos aula virtual

historias de amor
primeira palavra
ultima palavra
contador de palavras

Envie sua história







dicionario de verbos
dicionario sinonimos
dicionario de palavras
dicionario de frases

Aprender uma língua:
Frases em inglês Frases em espanhol Frases em alemão

Aprendendo:
# Analisar uma frase
Ajudando:
# Frases para traduzir
Respondendo:
# Dúvidas com palavras

jogos online diversão para toda a familia







Uma historia com um final diferente

escrito por Luiz Henrique em 5. Januar 2010:


Essa Historia não é das mais felizes.
Si procura uma historia que tenha flores e bonito jardim esta no lugar errado ainda ha. tempo para trocar de historia.
Vamos começar do inicio
Meu nome é Luiz. Luiz Henrique moro na cidade de joinville
Na época eu tinha de 13 para 14 anos, eu estava fazendo um curso numa escola no cetro de minha cidade duas vezes por semana das 14:30 as 17:00, fazia uns três meses que já estava no curso eu ia de ônibus.
Foi numa segunda eu estava indo para lá quando a encontrei eu estava sentado numa ponta e ela na outra eu mal conseguia ver seu rosto mais foi suficiente para mim, parecia que todas as outras pessoas sumiram olhei fixamente para ela como se houvesse uma força que puxava meu rosto, era inexplicável, seus cabelos loiros quase brancos seus olhos negros seus lábios, seu rosto, eu não consigo explicar muito detalhado por que de tanto lembrar dela sua imagem esta como um papel gasto em minha mente.
Foi por alguns minutos que a vi depois ela desceu. Mas eu consegui ficar pensando nela o dia todo.
No dia seguinte na escola todos falavam que eu estava diferente eles não sabiam o que, porque eu era muito fechado com meus sentimentos.
Continuei feliz pela terça, quarta e quinta.
Na sexta feira já fui todo feliz para o curso sabendo que eu ia encontra lá, entrei no ônibus e sentei na segunda fileira ela entrou umas 3 ou 4 paradas depois da minha ela sentou na primeira fileira então ficamos de frente um para o outro eu tentei disfarçar mas não conseguia eu olhava pra ela o tempo todo, e ela olhava para a janela, eu pensei como vou poder falar com ela eu fiquei meio sem jeito e pensei melhor fiquei com medo foi quando nesse instante ela olhou na minha direção
Olhou em meus olhos pude sentir que ela olhava pra mim fique todo arrepiado foi ali que entendi que amava ela foi também nesse instante que me senti um pouco mais perto do céu. Passei o resto do caminho olhando para ela.
De sexta para sábado tive o melhor sonho, sonhei com ela, mas só consigo me lembrar de uma parte em que estou abraçado com ela no ônibus.
Eu falava para ela:
- Nunca me deixe por favor.
Só me lembro disso.
Estava ansioso para encontra lá novamente na segunda.
Chegou o dia tão esperado entrei no ônibus sentei logo na segunda fileira esperando ela entrar ai quando ela entrou com uma amiga eu acho ela estava rindo foi uma das imagens que nunca vou esquecer. Só que dessa vez ela sentou no final do ônibus e eu não conseguia ver, mas depois cedi meu lugar a uma senhora e me aproximei dela prestei atenção nela ela tinha um celular com um adesivo da puka é só disso que me lembro do seu celular.
Ai então ela desceu do ônibus junto com sua amiga
Passou a semana às pessoas falavam que eu estava diferente, que eu estava desligado da vida. Nunca estive tão feliz, por onde eu andava só via ela.
Contava as horas para que chegasse a sexta, eu fica pensando como vou puxar assunto com ela. Quando chegou a sexta fiquei muito ansioso acho que todos já sabiam que eu amava alguém, mas neguem tinha certeza, quando entrei no ônibus entrei decidido a falar com ela.
Entrei no ônibus e fique em pé só que ela não entrou no ônibus, fiquei triste na hora, mas logo pensei hoje ela não veio mas na segunda ela vai aparecer. Chegou à segunda entrei no ônibus, podia sentir meu coração batendo cada vez mais forte, Mas ela não apareceu, eu fique meio inconformado e muito triste tentava pensar numa explicação para que ela não tivesse aparecido veio muitas explicações em minha mente, mas nenhuma delas me convencia. Comecei a ficar desanimado. Os dias passaram na sexta eu fique com um pouco de esperança de vela no ônibus. Entrei no ônibus sentei e fique esperando, mas ela não entrou, foi ali que percebi que ela não apareceria mais, foi ali que chorei pela primeira vez por uma mulher.
As semanas si passaram eu não havia mais, então tive uma ideia. Numa terça-feira peguei o ônibus cedo acho que era umas 7:30 e desci no ponto aonde ela subia sempre, fique lá o dia todo esperando ela quando era umas 7 horas da noite dei conta que ela não iria aparecer peguei o próximo ônibus que apareceu e fui para casa tentei procura lá por sites de relacionamento, muitos deles mas não encontrei ela.
Os dias se passaram e eu nunca mais a vi, eu passava o dia todo dormindo não tinha mais vontade de fazer nada meus amigos me chamavam para sair mais não tinha mais vontade. Toda vez que via uma mulher com o cabelo loiro me dava uma agonia pensado que era ela, mas nunca era. Fique com algumas meninas para tentar esquece lá, mas nenhuma me fez esquecer dela.
Hoje tenho 16 anos eu consigo viver, mas não como antes. Mas sabe o que mais me dói? E amar tanto ela e não poder dizer ?eu te amo? eu sequer sei o nome dela não sei onde mora nem sua idade, só sei que ela pegava o mesmo ônibus que eu.






© 2007-2018 by Dicionário online de português
Procure em mais de 5 milhões de palavras.
Sobre nós | Nossa história | Dúvidas? | Banner | Regras e termos de uso | Política de privacidade | Programa de Afiliados

Projeto de Conhecimento - a fim de promover o idioma português e reforçar a importância individual de palavras em português com aula virtual (perguntas e respostas), traduções em inglês, espanhol e alemão, significados, sinônimos e verbos. Seu dicionário português online.