Cadastre-se   Esqueci a senha?
Dicionário de português
Dicionário de português

Sua historia - Oportunidades



carros viaki
ganhar prêmios por atividade cursos rapidos e baratos aula virtual

historias de amor
primeira palavra
ultima palavra
contador de palavras

Envie sua história







dicionario de verbos
dicionario sinonimos
dicionario de palavras
dicionario de frases

Aprender uma língua:
Frases em inglês Frases em espanhol Frases em alemão

Aprendendo:
# Analisar uma frase
Ajudando:
# Frases para traduzir
Respondendo:
# Dúvidas com palavras

jogos online diversão para toda a familia







Oportunidades

escrito por Saudade em 8. April 2013:


Namorei por 3 anos, quando nos separamos e eu acabei conhecendo pelo Facebook um homem que mora na cidade ao lado. Ele tem 26 e eu 20 anos. Uma pessoa querida, educada, totalmente diferente do meu ex.

Começamos a conversar no decorrer do mês, e eu nem lembrava mais do meu ex.
Apenas conversávamos pelo facebook e MSN. Nunca nos vimos pessoalmente, mesmo morando próximos.

Em um certo dia ele me disse que devido ao seu emprego, ele teria que ir passar uma semana em Recife-PE, mas que quando ele voltasse ele queria me ver pessoalmente... Eu não sabia explicar mas já estava apaixonada por ele... No dia que ele iria voltar eu teria uma festa de formatura de uns amigos para ir. Entao combinamos de nos encontrar por lá. Ele chegaria do voo e viria direto na festa. Fiquei super ansiosa a semana toda. Ele estava nervoso por eu talvez nao o reconhecer na festa ou nao gostar dele...


Chegado o dia da festa, fiquei a noite toda procurando pelo clube . NEm dei muita bola pras minhas amigas, ficava andando pra la e pracá procurando ele. Eis que ja eram quase 3 da manhã e vejo ele subindo as escadas e olhando por tudo que era lado... E eu la parada do outro lado do salão. Nos vimos de longe, corri para abraçar ele, nos beijamos intensamente, e ficamos por um tempo assim, nos abraçando, com aquela sensação de "até que enfim"...

Fomos para minha casa, dormimos juntos. No outro dia ele teve que ir logo para casa pois chegou de viagem e sua mãe estava preocupada.

Combinamos de nos ver durante a semana para que possamos trocar ideias, e conversar melhor...

Eu estava super feliz, toda hora ele me mandava SMS, eu respondia na hora, coisa que eu nunca fazia com meu ex (para começar nunca recebi mensagem dele)...
No fim do dia, eu chegava em casa ansiosa para ligar meu note e ficar conversando com ele até pegarmos no sono... Contávamos tudo o que acontecia no nosso dia-a-dia...

Até que o sábado seguinte, minhas amigas me convidaram para ir á uma boate que tem aqui na minha cidade, onde eu sempre ia quando solteira...

Nao avisei ele, afinal não tínhamos nada sério ainda. Chegando lá, encontrei ele com os amigos. Nunca imaginei que ele estaria la também. nos olhamos e rimos um para o outro. Os olhos dele brilharam, e eu fiquei super vermelha. Fui la abracei ele e pedi: como você está aqui?

E ele: Eu vim por que senti que alguem ia me fazer feliz essa noite.
Minhas amigas (ex-amigas invejosas) debocharam dele e me puxaram avisando que era pra mim ir com elas dançar na pista . Eu fiz sinal para ele que depois voltava la...

Só que, no decorrer da noite, enquanto andavamos pela boate ele vinha atrás de mim, mas minhas amigass com inveja me puxavam e nao deixavam a gente conversar. E eu fui na onda delas, e ele ficou super triste comigo. Ainda mais depoiis que viu eu ficando com um outro cara.

Ele ficou chateado e foi embora, tentei ir atras dele mas tinha bebido um pouco e fiquei até amanhecer na festa.

No domingo mandei mensagem e ele nao respondia, tentei ligar e nada...
Ele nao entrou no MsN, nem no Face, eu estava ficando louca sem falar com ele. Como se estivesse faltando alguem na minha vida...
Foi ai que comecei sentir saudades do meu ex. Confesso que sou mto carente.

Comecei a conversar com meu ex no msn, ou no celular... E combinamos de conversar para voltarmos a namorar...

Foi ai que recebi uma mensagem "dele". Pedindo para que eu o encontrasse no Café que tinha em baixo do meu apartamento.

Fui bem arrumada nao sabia o que mais fazer para chamar atençao dele. Chegando la ele me cortejou como sempre disse que eu estava linda, me deu um beijo do canto da boca e pediu que eu sentasse. Eu estava um pouco nervosa mas feliz por ele nao estar bravo comigo.

Ele começou a explicar, que nao estava chateado, e queria fazer uma proposta para mim: Ele havia recebido na semana passada uma proposta no emprego dele, de ir morar em Recife por dois anos, e que ele ainda nao deu a resposta. Dependendo do que eu dissesse, decidiria a resposta dele.

Eu fiquei pasma, pensei comigo mesma: Meu deus nao posso interferir assim na carreira de ninguem... E eu sabia que nao ia dar certo pois ele queria me prender e eu havia saido de um namoro nao fazia nem um mes... Nao queria assumir esse compromisso de pedir que ele fique, deixar de seguir sua profissão, e depois fazer com que ele se arrependa...

Eu comecei a chorar e fiquei super nervosa, levantei da cadeira, pedi desculpas e fui para casa.
Ele ficou la, sentado, olhando para a porta enquanto eu saia como se estivesse abandonando um animalzinho na porta de alguém.

Passou algumas semanas, e eu nao tive mais contato com ele.
Até que um dia eu estava em casa dormindo, ele me manda uma mensagem, pedindo pra mim ir até o café que ficava no terreo do meu apartamento, no mesmo lugar em que "abandonei" ele... mas nao podia continuar com isso, eu estava sofrendo e tinha certeza que ele estava confuso . Simplesmente disse para ele, nao desistir de nada por minha causa, pois eu jamais desistiria da minha liberdade por ele. Desejei boa sorte e desliguei o telefone.


Alguns meses depois, reatei com meu ex, e nao sei como "ele" ficou sabendo... recebi um sms dizendo> Muito obrigada pela preferencia, e por ter sido 100% sincera comigo. Espero que vocês sejam felizes juntos, de novo. Abraços de quem sente mto a sua falta.

Hoje, um ano depois, ainda mantenho contato com ele pelo MSN. Mas ele está muito frio e seco comigo, nao gosta que toque no assunto.

Isso me serviu de exemplo, onde nao podemos perder as oportunidades que temos no dia a dia, por causa de uma pessoa...
Hoje é claro que me arrependo de nao ter pedido para que ele ficasse, mas acredito que ninguem tenha o direito de decidir o rumo da vida de alguem.

Seria muito bom se ele tivesse continuado aqui, talvez teríamos mais tempo de nos conhecermos.






© 2007-2018 by Dicionário online de português
Procure em mais de 5 milhões de palavras.
Sobre nós | Nossa história | Dúvidas? | Banner | Regras e termos de uso | Política de privacidade | Programa de Afiliados

Projeto de Conhecimento - a fim de promover o idioma português e reforçar a importância individual de palavras em português com aula virtual (perguntas e respostas), traduções em inglês, espanhol e alemão, significados, sinônimos e verbos. Seu dicionário português online.