Cadastre-se   Esqueci a senha?
Dicionário de português
Dicionário de português

Sua historia - Todas as coisas que eu fiz...



carros viaki
ganhar prêmios por atividade cursos rapidos e baratos aula virtual

historias de amor
primeira palavra
ultima palavra
contador de palavras

Envie sua história







dicionario de verbos
dicionario sinonimos
dicionario de palavras
dicionario de frases

Aprender uma língua:
Frases em inglês Frases em espanhol Frases em alemão

Aprendendo:
# Analisar uma frase
Ajudando:
# Frases para traduzir
Respondendo:
# Dúvidas com palavras

jogos online diversão para toda a familia







Todas as coisas que eu fiz...

escrito por Lily em 30. März 2013:


Dentre todas as coisas que eu fiz no ultimo ano a unica que eu me arrependo de ter feito é ter dado as costas para o grande amor da minha vida.
Parece besteira nos dias de hoje falar de amor,sendo que temos como base novelas, baladas e sexo sem compromisso,mas mesmo assim posso dizer com todas as letras que amei alguém,mais do que acreditei que poderia amar.

Esta história não começa da forma mais convencional ou bonita,na verdade quando eu conheci o Vittor estava lutando para esquecer outro garoto ,um que me fez sofrer muito e me humilhou de uma forma que jamais deixaria outro alguém fazer igual.

Eu estava quase em depressão,minha vida e minha autoestima estava lá em baixo quando comecei a frequentar umas reuniões na casa de uns amigos,que acontecia todo final de semana.

Na primeira vez que o vi,nossa acho que nunca vou esquecer,eu estava no sofá conversando com umas pessoas que nem conhecia direito e aí ele chegou todo atrapalhado e quando o ví senti algo ,não foi atração foi meio que familiaridade.
Eu cheguei até a perguntar se a gente já se conhecia e ele muito simpático disse que não,mas que tinha adorado me conhecer.

Naquele tempo eu só me sentia em paz nos finais de semana,quando encontrava os desconhecidos que pouco a pouco se tornaram uma familia pra mim,eu pensava a todo momento naquele inútil que não me deu nenhum valor,me torturava por não ter sido o suficiente pra ele e desejava a morte por não ter quem eu achava que amava.

Foi num sabádo como outro qualquer que decidi me apaixonar pelo Vittor.Isso mesmo,decidi!
A gente estava jogando uno e eu fiquei olhando para o rosto dele admirada,não só pela sua beleza ,mas pela confiança e inocencia que ele transmitia,ele não era igual aos outros garotos que eu conhecia,ele era dedicado e muito inteligente e era muito legal comigo,por isso,para não correr o risco de sofrer nas maõs de um canalha novamente decidi me apaixonar pelo cara mais ''inofensivo'' que eu conhecia.

Mas aquilo não deu muito certo,eu tentava pensar nele ao invés do meu ex e aquilo não parecia ser certo e é incrivel quando penso nisso,mas todas as vezes que nos despedíamos e eu voltava para casa,me esquecia completamente do rosto dele.É sério,eu tentava me lembrar,mas não conseguia,é como se eu nunca tivesse visto ele na vida.

E com isso cada sabado eu ficava mais ansiosa por vê-lo e me lembrar de como ele era de novo.
Mas o feitiço caiu contra o feticeiro, porque com o tempo eu comecei a amá-lo de verdade,acho que descobri isso quando vi meu ex e não senti absolutamente nada e cada vez que o Vittor se aproximava de mim eu me sentia tremer por dentro.

Depois de ter superado o sofrimento eu mudei,fisica e emocionalmente,eu me tornei mais forte e mais aberta pras pessoas,sei lá eu mudei.Passei a frequentar lugares que eu sonhava em conhecer e sai mais com minhas amigas.
Mas nesse tempo todo eu não tive coragem de ir atrás do Vittor,de falar o que estava sentindo por medo dele não me aceitar,e tambem porque ele parecia estar interessado em uma amiga minha,mas me conformava em apenas ve-lo aos finais de semana.

Confesso que por duas ou tres vezes pensei em me declarar pra ele,a mais marcante de todas foi quando teve uma festa a fantasia no fim do ano,e eu me produzi toda e já tinha tudo armado pra ficarmos na festa.Daí cheguei na casa do amigo dele toda contente e ele ficou me olhando como nunca tinha me olhado no tempo todo que nos conhecemos,mas ele disse que não iria na festa e eu fiquei desolada e não tive mais oportunidade de conversar a sós com ele e eu nem tentei tambem.

E o tempo passou e eu parei de frequentar as reuniões aos sábados e consequentemente de vê-lo,mas nunca o esquecia,eu tentava mas meu sentimento era tão forte que conseguia me vencer.
Depois de um tempão que não o via e achava que não tinha mais nenhum sentimento na minha vida,eu o vi em um ponto perto de casa e conversamos bastante,e tudo que eu sentia retornou.

Daí eu conheci outros caras,mas nenhum era como ele,não tinha aquela pureza no olhar,e ninguém me fazia esquecê-lo.No fim do ano passado pensei em dar um basta e contar a ele o que estava sentindo,mas no fim desisti,com medo dele estar com outra pessoa e eu fazer o papel de boba.

No ano novo,passei a madrugada inteira falando sobre ele para meus amigos,e eles me incentivavam a correr atras da minha felicidade, e eu me senti motivada a lutar mas ao vê-lo novamente percebi que era tarde demais para nós.
Ele ainda está solteiro,não é outra pessoa que nos impede,é nós mesmos.Eu mudei,ele mudou,não somos mais as mesmas pessoas de tempos atrás e me dói me dar conta disso mas acho que não dariamos certo juntos,porque eu acabei pegando um bonito sentimento e acabei transformando em ilusão.

Venci uma guerra para esquecer uma paixão e não tive coragem de lutar uma batalha para conquistar um amor verdadeiro.
Hoje vejo isso claramente e apesar de me arrepender de não ter me declarado ,já não mais ou amo,ou melhor o amo agora como irmão e torço para a felicidade dele,seja com quem for.Não mantemos mais contato,e não penso mais nele e nem sofro mais.E apesar de tudo acredito que seríamos o casal perfeito e que eu teria sido feliz ao lado dele,mas o que passou passou,e tento não guardar ressentimento de mim mesma por todas as coisas que não fiz ...


Tags: amor | sexo | baladas | beleza | festa | paixão




© 2007-2018 by Dicionário online de português
Procure em mais de 5 milhões de palavras.
Sobre nós | Nossa história | Dúvidas? | Banner | Regras e termos de uso | Política de privacidade | Programa de Afiliados

Projeto de Conhecimento - a fim de promover o idioma português e reforçar a importância individual de palavras em português com aula virtual (perguntas e respostas), traduções em inglês, espanhol e alemão, significados, sinônimos e verbos. Seu dicionário português online.